Juiz de Fora (32)98897-9897
Angra dos Reis (24) 3365.3886

Notícias

5 Cuidados na preparação de caldos no inverno

3.maio.2018

Com o inverno se aproximando e as temperaturas cada vez menores, é normal que muitas pessoas relatem aumento de fome, e principalmente por alimentos mais calóricos. Os pratos quentes costumam ser os mais desejados, como sopas e caldos. Mas engana-se quem pensa que esses alimentos devem ser evitados, eles podem ser incluídos na alimentação de forma consciente e adaptada. A Reabilitar te dá algumas  dicas para conseguir saborear essas preparações nessa estação, mas sem abrir mão do peso e da saúde.

 

1 – Cuidado com os acompanhamentos das sopas, como os pães e as torradas, eles podem interferir e muito nas calorias totais e no balanço de carboidratos da refeição;

2 – Cuidado com o tipo de tempero utilizado, evite sempre condimentos industrializados, como “Caldo Knnor”, “Sazon”, “Toque de Chef”, entre outros. Eles são ricos em sódio, gorduras saturadas, e podem afetar o planejamento da refeição e a saúde de uma forma geral. Substitua-os por condimentos naturais como orégano, louro, manjericão, que dão sabor as preparações e são aliados da saúde;

3 – Dê preferência a carnes magras no preparo, como frango e músculo, evitando principalmente os embutidos e carnes muito gordas, que possam exceder o valor calórico total da refeição.

4 – Evite consumir sopas e caldos na rua, eles podem vir com quantidades exageradas de gordura, podendo ser pela sua adição na hora do preparo, ou vir de alimentos como linguiça e bacon, que normalmente são usados para dar sabor as preparações;

4 – Cuidado com as quantidades, coloque no prato apenas a quantidade suficiente para se satisfazer e evite ficar repetindo, pois muitas das vezes o problema está na quantidade que você consome. Se for o caso, saia da mesa logo após terminar a refeição;

5 – Evite colocar alimentos como macarrão na preparação. Dê lugar para os legumes e as verduras. Mas fique atento, as calorias e as quantidades de carboidratos desses alimentos podem variar bastante. Caso queira saber quais os mais indicados para você, consulte um dos nossos nutricionistas.

Elton E. Carvalho – Nutricionista

CRN9 – 16665

Posts Relacionados